bazar de troca
Consumo consciente, Moda sustentável

Como organizar um bazar de trocas entre amigas

Ao invés de comprar peças novas, compartilhe seu guarda-roupas

Todo mundo já passou pelas alegrias – e tristezas – de herdar roupas e sapatos de irmãos e primos mais velhos na infância. E que atire a primeira pedra quem nunca ganhou presentes em tamanhos maiores nas festas de aniversário, teoriamente para “durar mais tempo”. Sem contar que toda criança já trocou brinquedos na escola, só porque gostava mais de brincar com o que o amiguinho tinha. Por essas e outras, as práticas sustentáveis de troca que sempre fizeram parte das nossas vidas mesmo sem a gente saber, agora ganham uma cara nova e mais descontraída.

Clothing swap parties, ou bazares de troca de roupas, são uma maneira divertida de reunir as amigas e dar vida nova às peças encostadas em seu guarda-roupas. Com o final de cada estação, não há nada melhor que dar aquela garimpada no armário, desapegar do que você não usa mais e tornar aquilo útil para alguém – essa é a ideia do “troca-troca”.

Em tempos de mudanças e maior conscientização em relação aos nossos hábitos de consumo, os bazares de troca são uma boa pedida para colocar em prática os 5 R’s do consumo responsável: refletir, recusar, reutilizar, reduzir e reciclar.

Como organizar um bazar de trocas entre amigas

Faça a lista de convidados: como toda boa festa, a lista de convidados é o segredo. É importante ter um mix de estilos e personalidades, assim todo mundo encontra algo que gosta.

Estabeleça regras: haverá limite no número de peças a serem trocadas? Para ter certeza que todo mundo vai arrebatar algo durante o bazar, faça uma tabela estipulando quanto vale cada categoria de roupas ou objeto a ser trocado, separando-os por números ou cores. Distribua fichas de acordo com o ‘valor’ de cada peça.

Preparando o ambiente: música e decoração fazem a diferença! Nossas dicas são:

  • Eleja um cômodo da casa que seja amplo e iluminado, para que seus convidados fiquem confortáveis e os objetos a serem trocados, visíveis e organizados.
  • Playlist colaborativa: faça uma playlist compartilhada e peça para os convidados adicionarem as músicas que gostam, assim como a playlist Trocaria na Virada Sustentável que criamos no Spotify.
  • Iluminação e aromas: se a festa de trocas for durante o dia, deixe a luz natural entrar e tomar conta do ambiente. Se for feita à noite, coloque velas aromáticas para deixar o ambiente mais aconchegante.

O que servir: petiscos são sempre uma boa pedida. Outra opção é sugerir que cada participante traga um prato e bebida, assim o espírito colaborativo começa antes da festa.

Curadoria das roupas: Roupas com história são mais legais! Faça etiquetas para cada peça, relembrando onde e como comprou ou ganhou.

Escolha uma ONG para doadar as peças que sobraram: a ideia é dar vida nova às peças que estavam encostadas no guarda-roupas, então passe adiante as roupas e objetos que sobraram doando a uma ONG ou entidades assistenciais.

Os bazares de troca são uma boa experiência para aprender a valorizar todas as coisas ao nosso redor, colocando em prática o espírito colaborativo. No final, você não apenas vai trocar coisas que sempre quis, mas nunca conseguiu comprar; mas também vai se divertir e relembrar bons momentos com os amigos. Que tal começar?

Previous Post Next Post

You Might Also Like

Comentários

Deixe um comentário